Tagpublicidade

Publicidade que Funciona: Lenços de Papel no Japão

Se alguma vez visitaste o Japão e especialmente cidades grandes, podes ter notado que existe muita publicidade em pacotes de lenços de papel. Empresas pequenas e grandes contratam agências para distribuir lenços de papel com publicidade, normalmente em cruzamentos com muita gente e muito movimento, alguns só para mulheres ou homens, depende muito do produto ou serviço que se quer promover.

Por volta de 4 biliões de pacotes de lenços de papel são distribuídos todos os anos no Japão. Um questionário feito recentemente a 100.000 consumidores mostrou que 76% aceitam um pacote de lenços de papel e que mais de 50% acabam por ler a publicidade. Em termos apelativos claramente a maioria das pessoas gostam mais de um pacote de lenços de papel que um folheto e são muito mais capazes de manter os lenços por muito mais tempo.

Porque? Porque lenços de papel dão jeito e tem uma utilidade, é a mesma razão porque brindes tem uma maior retenção. Pessoas precisam de lenços de papel durante o dia-a-dia e por isso a sua vida útil e por extensão a vida útil da publicidade é ampliada. Todos os outros géneros de publicidade são muito mais descartáveis e tem pouca ou nenhuma utilidade.

Então o que é que o consumidor vê? Bem para alem dos gráficos e da conversa de publicidade, pode-se pôr muito mais informação especifica e útil que noutros géneros de publicidade que são vistas muitas vezes só de relance, coisas como o logo/marca, números de telefone, paginas na Internet, moradas, aliás em relação a marca (ie branding), muitas empresas lançam pacotes de lenços de papel só com a marca, numa forma geral de criar uma maior consciência ou como uma tática especifica a quando do lançamento de um novo produto ou serviço.

exemplos de lenços de papel com publicidade no Japão

Esta é uma forma simples e pratica de transmitir uma mensagem que pelo seu veiculo (a sua utilidade) tem logo uma maior aceitação por parte do consumidor, quem é que não gosta lenços de papel?, resumindo esta técnica tem 2 pontos fortes: É mais que só publicidade (existe um valor acrescentado com a publicidade, algo que já falei antes, oferecer algo cria um sentimento de reciprocidade) e é persistente (a publicidade tende a ter uma muito maior vida útil, cada vez que se precisar de lenços ou oferecer a alguém, mais exposto ficas ao anuncio).

A ideia aqui é óbvia e simples, não são os lenços (que culturalmente são muito utilizados no Japão, mas em outros países pode ser mais incomum), mas sim ligar uma mensagem a uma coisa que tenha valor e uma vida longa, coisas como oferecer pacotes de pastilhas com publicidade para um filme ou abre caricas com publicidade para uma marca de cerveja.

E na Internet? Bem de certa forma pode-se replicar o mesmo principio, mostrar simplesmente publicidade mesmo altamente relevante tem uma utilidade reduzida, mas que tal oferecer um guia simples de como desenhar um logo para publicitar o teu novo livro sobre criação de gráficos para a Internet ou qualquer outra coisa que seja realmente útil para o recipiente da tua mensagem só vai reforçar a tua mensagem tanto no tempo como no seu valor.

Para concluir, por vezes é preciso pensar um pouco fora do contexto normal quando se quer lançar uma campanha de publicidade não só na própria campanha como no valor que esta trás ao cliente (para alem do facto de descobri ou redescobrir o produto), que um placard, folhetos ou gráficos de publicidade por vezes não são agradáveis e como tal criam resistência nos vossos clientes (quem é que não mudou de canal só porque já estava saturado de publicidade), por vezes é melhor criar um pacote que aumente a vida da publicidade e dê um valor acrescentado ao cliente, essa pode ser uma solução que o teu cliente pode até agradecer.

Como Tirar Partido da Tua Campanha de Publicidade

Estás a desenvolver uma nova campanha de publicidade, tanto online como offline, mas estas dicas são especialmente para campanhas offline de um negocio online, existe uma serie de coisas que tens de ter em consideração, mas aqui vão umas dicas que sempre me guiaram para uma melhor campanha!

  1. Cria um link único – Aqui vai algo que muita gente esquece, quando se cria um folheto, uma t-shirt, um objeto promocional para uma pagina na net, tem que se criar uma pagina unica para esses artigos, exemplo: para as minhas t-shirts do empregado na net eu criava http://empregado.net/shirts/ ou http://empregado.net/dicas/ , a razão para isso é para teres uma forma de ver a eficácia da tua campanha (quem visitar essas paginas veio através da tua campanha), tão simples quanto isso!
  2. Invoca uma ação – Outra coisa que muitas vezes é omitida, quando vês publicidade eles não dizem “ah este é o nosso produto e nós estamos aqui”, não! eles evocam uma ação! “tens de beber o nosso produto”, “o nosso produto deixa-te feliz”, “telefona agora”, “experimenta grátis”, tens de criar uma ação no teu objeto promocional de acordo com o teu produto.
  3. Cria uma promoção – Assim resolves 2 questões de uma só vez, porque para uma promoção tens normalmente de criar um link único http://empregado.net/menos-15-euros/ (ou um código) e como eu disse em cima podes ver o sucesso da campanha dessa forma da mesma maneira que estás também a proporcionar um ação.
  4. Cria personalidade – Se não consegues dar personalidade ao próprio produto, dá personalidade á mascote, dá personalidade ao suporte, dá personalidade á empresa, personalidade é uma forma de distinguir o teu produto e empresa das restantes, torna mais fácil aos clientes lembrarem-se e cria uma humanização do produto / empresa, exemplo: ninguém pensa em coca-cola como uma bebida embalada numa fabrica de sumos, toda a gente pensa em pai natal, ursos no ártico, uma bebida refrescante e agradável, a coca-cola tem personalidade.
  5. Cria merchandise/brindes – Mesmo que tendencialmente mais caro que publicidade mais vulgar (painéis/panfletos), merchandise/brindes (como isqueiros, canetas, porta-chaves, t-shirts etc) tem tendência a permanecer mais tempo em uso, fazem parte de todo o processo de diversificar as campanhas de publicidade, e como disse em cima podes sempre ver qual a eficácia de cada coisa.
  6. Promove aos teus clientes – Um grande erro é simplesmente espalhar a palavra ou ir para zonas genéricas publicas promover, a não ser que o produto seja de apelo massivo (coca-cola, macdonalds, etc) , o foco deve ser onde estão os vossos clientes, exemplo: se o negocio é de venda de peúgas, vai-se promover ás lavandarias, hotéis, apartamentos com muitos jovens das universidades, etc.

© 2018 Empregado na Internet

Por S2RUp ↑