Estava a ler no outro dia um artigo como um patrão praticamente destruiu o seu negocio porque decidiu começar a tentar gerir tudo, incluindo criando regras para tudo e mais alguma coisa, claro que isso só criou animosidade, aumentou a complexidade, criou uma cultura de apontar o dedo e teve um impacto horrível na produtividade.

Mas isso levou-me a pensar, que informação complexa tem o seu lugar, mas que se queres partilhar e tornar uma mensagem em algo memorável que esta tem de ser simples, óbvia e fácil de apreender, uma coisa que o twitter e o laconismo nos ensinou é que praticamente tudo pode ser reduzido a uma máxima, á sua essência e que esta por ser simples e curta, é facilmente partilhada e memorizada.

Essa noção pode ser usada para regras, para publicidade, para qualquer tipo de informação que se quer distribuir e tornar popular, ideias espalham-se quando são facilmente relembradas, e permanecem melhor na nossa mente quando existem sozinhas sem competição de outras noções ou ideias dispersas.

Numa venda, num twitter, num artigo no blog, numa conversa, és muito mais eficaz e tens um ponto de vista mais forte se discutires ou fomentares um ponto! Um ponto simples e claro, que podes melhorar com analogias, metáforas, exemplos, referencias, factos, mas não deixa de ser um só ponto, isso foca a tua audiência e cria atenção, não existe nada a distrair porque a base de partida é simples e fácil de entender.

Demasiada informação, argumentos, regras só criam obstáculos para serem apreendidos, uma boa campanha de marketing pode ter vários eventos, produtos, sistemas ou até slogans, mas deve ser focada numa só simples ideia que qualquer pessoa consegue interiorizar, o mesmo se passa com o teu site, negocio ou produto, se um cliente teu não consegue perceber o que é que estás a vender em 10 segundos então se calhar está na altura de clarificar e simplificar a tua mensagem.